Discursos

” Os muros da cidade são feitos com muito mais do que tijolos… São construídos com os medos de cada uma das pessoas que vivem aqui. São feitos de sonhos também. E não só de sonhos bons. Ela não é assim apenas por ser e nem podemos dizer se ela é assim mesmo. Olha para baixo e vê as pessoas andando nas calçadas daquela avenida. Agora lembra daquele que se foi. E pensa agora como quem voltou. Ela nunca é a mesma.

A luneta sempre está a disposição para quem quiser. As respostas são sempre gratuitas para quem as quer. Mas quem não as quer paga sempre um preço muito maior. Quem apenas infla o seu ego com sensações simplórias como controle, poder, domínio, não vai ser capaz de ver nada além dos seus domínios. E pode acreditar, ninguém me domina, e muito menos, ninguém domina a cidade.

Estou sempre livre. Livre para agir. E possuo meios nada convencionais de dizer as coisas. Tudo poderia ser mais fácil, mas o sabor da descoberta e a surpresa com a primeira vista, que você sabe que é a melhor de todas, não pode ser tão depreciado a ponto de qualquer um poder sentir. O preço seria muito caro.

Todos aqui foram amaldiçoados por nascer na Cidade. Por viver seus anos servindo a Cidade. Mas são abençoados por ter a chance de fazer a maior das descobertas das suas vidas. Imagine como deve ser Deus. Ser onisciente. E perder a chance da descoberta. Esta é a graça maior do homem, é o maior dom. A mente é capaz de descobrir coisas novas infinitamente. Tudo o que você vê à sua volta é fruto da mente humana. É fruto do que pensamos e do que descobrimos. Tudo é intimamente ligado à mente.

E, sim. A Cidade é infinita. Pode acreditar em cada palavra que foi dita. Mas como se consegue andar até o fim de um lugar infinito?

Você já fez isso, Arthur. O jovem Davi acabou de faze-lo novamente.

Muito mais do que simples tijolos. Pense bem nisso. A viagem de volta do elevador é longa. Você tem muito tempo tal…

Nos encontramos aqui amanhã a noite? “

E realmente o caminho era muito longo. Sempre longo o suficiente para se pensar em qualquer resposta, desde que você queira chegar a ela. Se não, nada do que dois minutos não resolvam. Mas cada minuto a mais era precioso

Anúncios

~ por jlavelino em 08/08/2010.

Uma resposta to “Discursos”

  1. Esse texto me deixou com uma sensação de suspensão incrível… uma ansiedade boa, paciente. Estou de olhos arregalados esperando o próximo texto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: